sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

ARTIGO: O punk rock do seculo 21

Share on Tumblr
em meios aos depressivos e coloridos




No anos 70 ao meio de protestos e repressões chega vindo da europa um estilo musical chamado punk rock. os brasileiros escutavam os "loucos" da banda sex pistols e achavam que se quisesse ter um pais justos tinha que fazer eles mesmo tal como diz a filosofia do estilo "faça você mesmo"

Nois, os legionarios não seriamos nada sem os loucos de Brasilia ou quem preferir a turma da colina,sim estamos falando de aborto eletrico que com seus protestos e seu som altamente "podres" deram origem a duas bandas simbolo do rock nacional Legião Urbana e Capital Inicial.


Muito acreditam que o punk rock acabou nos anos 80... vai dizer isso a galera do Garotos Podres, eles continuam na ativa com o seu jeito subúrbio e letras que lembram todos os subgeneros do punk rock.* .


E o que dizer dos Raimundos que fizeram um punk rock palhaço e pesado ao mesmo tempo,eles ate hoje sao considerados os Ramones brasileiros e estão de volta mesmo sem seu vocalista que se converteu para o protestanismo.

Ratos de Porão chegou como algo podre e barulhento e se tornou a banda mais lembrada no brasil quando o assunto e punk rock HC (hardcore) Os Ratos com sua mistura de trash metal e hardcore punk fizeram muitos caras "cuspirem" na cara do sistema.

Essas bandas que falei são unas das mais conhecidas no quadro punk rock nacional existe muitas bandas de punk rock no brasil, e em lugares mais esquisitos por exemplo, aqui no nordeste existe varias banda punks e acreditem se quiser,mas, em Caruaru -PE existe varias bandas de punk rock.(pra quem nao conhece a cidade de caruaru ela e conhecida pela sua feira que e a maior feira ao ar livre do mundo, tem o maior e melhor são joão do mundo competindo com Campina Grande na Paraiba, a cidade tem um cenário altamente de forró porem existe uma galera que regeita tudo que envolver forró e fazem rodas de hardcores tão podres que até a PM uma vez tentou interferir,pois, não e tradição da cidade ver jovens se debatendo em socos e ponta-pés num show de rock. Aqui apesar do cenario do rock favorecer para punk rock aqui temos muita presença da galera mais depressiva e sombria os conhecidos goticos que lembra um pouco o estilo mais amado e odiado do brasil o emocore,caruaru e a mostra viva que o punk rock esta rastejando vivo mesmo ao meio de tanta "deprê" e falta de conciencia politica)veja agora uns dos subgeneros do punk rock.




Saiba um pouco sobre os subgeneros do punk rock.

Estilos mais undergrounds e mais apreciados no movimento punk
  • Hardcore punk: Uma versão mais agressiva, mais rápida e mais crítica do punk rock. Começou nos EUA no final dos anos 1970.
  • Anarco-punk: Punk rock com temáticas anarquistas radicais. As bandas levam a ideologia anaquista com seriedade e não só fazem músicas com esse tema, como também põe as atitudes em ação. É uma versão com mais formação, seriedade, e radicalismo domovimento punk.
  • Crust punk: Também conhecido como Crustcore, se assemelha muito ao grindcore e diminui consideravelmente a influência das estruturas musicais do thrash metal, punk rock e hardcore punk. As letras das bandas de crust punk se assemelham muito com as do anarco-punk.
  • Streetpunk/Oi!: Foi o revivalismo do punk rock dos anos 1970. Tinha temáticas realistas e críticas. Começou no final dos anos 1970 com bandas como o Sham 69 e o Cockney Rejects.
  • Raw punk: Originalmente Råpunk , é um termo usado para bandas suecas do início da década de 80, como Moderat Likvidation, Disarm, Anti-Cimex, Crude SS e etc. Uma das características do raw punk é a valorização do punk como cultura. Usam sempre um visual agressivo, com jaquetas de couro rebitadas, cabelos espetados e coloridos. O rawpunk surgiu no Brasil em 1996 com a banda Luta Armada. A cena rawpunk é muito grande no estado de São Paulo, e vai se estendendo pelo resto do brasil, estados como Rio Grande do Sul, Brasília e Pernambuco.
  • Psychobilly: Mistura entre o punk rock dos anos 1970 e o rockabilly dos anos 1950 e letras com temas inspirados em filmes B, horror,zumbis, sexo, drogas, alucinações, mortos e pervessões.
Estilos mais "comerciais" e que se distanciam ou não possuem a ideologia punk original
  • Grunge: Movimento revolucionário dos anos 90, tendo como pioneiros a banda Nirvana. Com um estilo bem pesado em seus primeiros albúns (Bleach),a banda caracterizava perfeitamente o Punk Rock das décadas de 70 e 80, lembrando muito bandas como The Clash eSex Pistols.
  • New Wave: Uma versão mais "açucarada" e mais comercialmente viável do movimento punk. Teve sucesso no final dos anos 1970 e no ínicio da década de 1980.
  • Pós-punk: Uma versão mais experimental e alternativa do estilo. Se iniciou no final dos anos 1970 e se diluiu em diversos estilos nos anos 1980.
  • Pop Punk: Uma versão mais "adolescente" e na maiorias das vezes desprezada pelos punks tradicionais. Teve início no final dos anos 1980 na Califórnia e atingiu o sucesso nos anos 1990 com temas que falam sobre namoro, skates, garotas, colégio, bebidas e tudo que envolve os adolescentes americanos de classe média alta.
  • Skate punk: É basicamente hardcore punk, porém com temáticas mais ligadas ao skate e outros esportes radicais.
Outros subgêneros
  • Horror punk: Punk rock com letras tratando sobre temas de horror, surgiu no fim dos anos 70 com a banda Misfits.
  • Folk punk: É um estilo que combina elementos musicais e líricos do punk rock e da música folk.
  • Cowpunk: Mistura de música country com punk rock.
  • Ska punk: Mistura entre o ska e o punk rock.




Bem,aqui no brasil atualmente, os jovens que curtem punk desde dos anos 80 procura dois subgeneros: O hardcore pois esse subgenero preserva todas as ideiais punk e que tem um vingulo com o anarcopunk que deixo de ser um subgenero musical e virou uma filosofia entre os punk.(porem nem todo punk e anarco). ou busca um punk rock modificado e melodico como o subgenero do punk pop com batidas mais leves e sempre fugindo do assunto politica e falando mais em relacionamento muito dizem que o punk pop se tornou "emo" quando a banda green day se "vendeu" para uma gravadora para conseguir mais dinheiro como suas musicas atitude que foge dos ideiais punk e também o jeito que o vocalista o Billie Joe Armstrong se veste,lembrado os vocalistas e fã de emocore. porem a banda e sempre lembrada pelos punk com a musica american idiot que mostra um green day ainda punk e revoltado mesmo assim criticam o timbre da voz do Billie Joe Armstrong na musica alegando que poderia ser mais agressiva e menos melancólica.


Alguns punks falam que o emocore veio do gothic metal,mas a infeliz verdade e que o emocore juntou todos os pontos fracos dos estilo pegou as franjas dos goticos e o jeito melancólico de suas musicas,veio para o punk rock e pegou um pouco do hardcore melódico e transformou ele mais lento ainda e foi la no punk pop e pegou o jeito romântico de falar sobre meninas e sua forma liberal de amor e daí fizeram o emocore.

Dizer que os emos não vinheram do punk rock é mentira, porém não se pode dizer que o emocore e punk rock são as mesmas coisas tipo e como a frase que eu escutei de um punk:" Um punk e um cara revoltado com sistema e podre ja um emo e um cara limpinho, emocional de forma exagerada e nao revoltado com o sistema pois ele é o sistema."

bem para encerrar vou dizer o que o joe ramone disse quando deu inicio a essa bagaça

HEY, HO! LET'GO!!!

2 comentários:

  1. "Sou o que Sou,Ando como quero,Sou apenas um Punk Anarquista Sincero"..[Thiiago Ramone - The Urinaldo´s]

    ResponderExcluir

Obrigado por comentar! Sua participação é muito importante!

É de fãs que participam de que o Rock Nacional Precisa!

Só não serão tolerados preconceitos e ofensas a quem quer que seja, pelo bem do Rock Nacional.

Linkwithin













#CAMPANHA @SigaRockBrasil

Desafiamos a todos o fãs de Rock Nacional a se unirem neste espaço democrático e provarem que independente do que a mídia tenta impor, nada substitui o bom e velho Rock Nacional. Siga o blog, divulgue, comente... É muito fácil, até crianças de 12 anos se únem por suas bandas favoritas e dominam a mídia! É, temos que conviver com o fato de que se trancar no quarto e ouvir seus hits não faz o Rock Nacional ganhar mais fãs e, em vez de promovê-lo, ajuda a acabar de matá-lo! Junte-se a nós.