domingo, 6 de março de 2011

INTERPRETANDO A LETRA: "Eu Nasci Há Dez Mil Anos Atrás", por Renato Zuza

Share on Tumblr

O significado da música "Eu Nasci Há Dez Mil Anos Atrás"


Quem nasceu há dez mil anos atrás? Será que é o Diabo como algumas pessoas afirmam? O que afinal quer dizer essa música? Seria ela uma afronta à alguma religião? Penso que não!



A associação dessa canção de Raul Seixas e Paulo Coelho com o "mal" não possui fundamento algum, pois como pode-se afirmar que quem "viu cristo ser crucificado", "a arca de Noé cruzar os mares", entre outras citações bíblicas na música, foi o "Diabo"? Não teria "Deus" presenciado as mesmas coisas, ou só existia o "Diabo"? Assim, ou se trata dos dois e de todos os outros anjos e demônios ou de nenhum deles.

"Invencionices" à parte, analizando a letra como seres dotados de razão que somos, quem afinal nasceu há dez mil anos? Onde podemos encontrar todos os assuntos citados nessa letra de música? O que conta realmente essa composição? A resposta é boba de tão simples: trata-se da história da humanidade; de "estar junto com os macacos na caverna" até "quando Hitler chamou toda a Alemanha"; ou seja: da pré-história à modernidade. (sim, eu sei... é a mesma matéria que começamos ver no primário!)

Além disso, os fatos mencionados na canção não são encontrados em outro lugar se não em histórias passadas de geração para geração; não passam de acontecimentos do mundo dos quais não se precisa ser nem um tipo de assombração para tomar conhecimento, porque eles começaram ser transmitidos a partir de quando o homem deu início ao processo de formação da linguagem falada e da linguagem escrita e durante o próprio desenvolvimento desta habilidade racional. Tão sabidos são os fatos históricos que até mesmo um mendigo, "um velhinho sentado na calçada com uma cuia de esmola e uma viola na mão", sabe.

Considerando isso, o único erro desta música é gramatical. "Há dez mil anos atrás" é pleonasmo, porque tanto o "há" quanto o "atrás" indicam passado, é como "entrar para dentro". E o único demônio dessa história está presente só nas cabeças de quem a inventou, e muito mais presente que o próprio "Deus" no qual elas crêem, dada a má intenção com a qual foi fantasiada: o preconceito. Isso comprova como a ignorância (no sentido de desinformação, ou não) pode ser usada por determinados pensamentos pré-concebidos por parte da sociedade que se acha neste direito de impor a uma outra parte que sequer tem a chance de se expressar antes de ser rotulada, subjugada e difamada.


Texto de Renato Zuza

Gostou do texto? Divulgue-o: Quem nasceu há dez mil anos, o Diabo? http://migre.me/40lkw

Veja também: O Significado de Gita, por Renato Zuza
..............................................................................................................................

Mais informações sobre "Eu Nasci Há Dez Mil Anos Atrás":

Conheça a música que inspirou Raul Seixas e Paulo Coelho a escreverem "Eu Nasci Há Dez Mil Anos Atrás", "
I was born about ten thousand years ago", de autoria desconhecida, gravada por Elvis Presley:



I was born about ten thousand years ago
Eu nasci há uns dez mil anos
I saw old pharaoh's daughter bring Moses from the water
Eu vi a filha do velho faraó trazer Moisés da água

I'll lick the guy that says it isn't so
Eu vou surrar o cara que diz que não é assim

I was born about ten thousand years ago
Eu nasci há uns dez mil anos

There ain't nothing in this world that I don't know
Não há nada neste mundo que eu não saiba

I saved king David's life and he offered me a wife
Eu salvei a vida do rei Davi e ele me ofereceu uma esposa

I said now you're talking business have a chair
Eu disse "agora falaremos de negócios, puxe uma cadeira!"

Yeah, I was born about ten thousand years ago
Sim, eu nasci há uns dez mil anos

Ain't nothing in this world that I don't know
Não há nada neste mundo que eu não saiba

Saw Peter, Paul and Moses playing ring around the roses
Vi Pedro, Paulo e Moisés jogando argola entre as rosas

I'll lick the guy that says it isn't so
Eu vou surrar o cara que diz que não é assim

I was born about ten thousand years ago
Eu nasci há uns dez mil anos

Ain't nothing in this world that I don't know
Não há nada neste mundo que eu não saiba

*Clique em "comentários" para saber como deixar aqui sua opinião.

@SigaRockNacional
group1268689@groupsim.com

16 comentários:

  1. SE VOCÊ NUNCA COMENTOU UM POSTAGEM DE BLOG, RELAXA, SEMPRE TEM UMA PRIMEIRA VEZ. FICO HONRADO QUE SEJA CONOSCO.

    Como comentar: Escreva a sua opinião, escolha sua conta google (orkut, gmail, YouTube) e por fim clique em "postar comentário". A sua opinião é fundamental para direcionarmos nossos trabalhos para promover o Rock Nacional.

    Dúvidas ainda? Sem problemas! Add: projetobackup1@hotmail.com

    ResponderExcluir
  2. Poxa é uma verdade! Axo que nem ao menos paramos pra pensar ou ter uma ideia, acabamos dando uma conotação automatica!
    Muito bacana esse artigo Renato Zuza e outra, eu não sabia da existencia dessa musica do Elvis!
    Bacana mesmo!

    ResponderExcluir
  3. foi exatamente essa capacidade de dizer alem das palavras que marcaram as letras de raul, essa eterna contradiçao que envolvem suas melodias camuflando akilo que realmente quer dizer,e preciso ser dotado de tamanha sensibilidade para entender o real sentido das palavras e sao poucos os capacitados,parabens pelo otimo texto!

    ResponderExcluir
  4. Excelente texto Renato Zuza, eu particulamente não sabia q Raul tinha se inspirado nessa música "I was born about ten thousand years ago" para compor EU NASCI HA DEZ MIL ANOS ATRÁS!

    ResponderExcluir
  5. Adorei o texto! Normalmente as pessoas vão muito pelo lado 'maldoso' das coisas de que não entendem. Como por exemplo, as mulheres na antiguidade que faziam medicamentos eram logo cotadas como bruxas. Nunca vi pretensão nenhuma do Raul falar do Diabo ou até mesmo de Deus. O contexto realmente é diferente. Parabéns Renato xD

    ResponderExcluir
  6. A letra é realmente "óbvia"... e quanto mais óbvia, mais tentam encontrar significados ocultos... mas o Raul é FODA...

    ResponderExcluir
  7. Como diria Raul "O DIABO É O PAI DO ROCKKKKKKKK"
    HAHAHA

    Brincadeiras a parte, ótimo texto, e o que eu vejo nisso tudo é como o Raul adorava criar isso na cabeça das pessoas, a própia Gita tbm é alvo de muita inquietação por parte dos religiosos, Raulzito se divertia com tudo isso
    Abraços galera

    ResponderExcluir
  8. Hehe, natan... boa sacada! Quase falo sobre o "Rock do Diabo" e a "Panela do Diabo", mas isso tem mais a ver com o marketing do Raul, que, como Ozzy, Iron, e tantos outros, se promoveram através de letras sinistras e polêmicas. E confesso que Raul fez isso e gerou muita polêmica e acabou dando margem p/ interpretações ignorantes de sua obra.

    Falando em "Gita", veja também a postagem que explica a letra dela, dá pra entender nela o que Raul realmente achava de Deus ou do Diabo: http://blogrocknacional.blogspot.com/2010/06/o-significado-da-musica-gita-de-raul.html

    ResponderExcluir
  9. Muito bom o texto.
    Muito claro e bem escrito.
    E, seja como for, ele é mestre! ;)

    ResponderExcluir
  10. acho a letra meia tipo "nada ve"
    ms o som "melodia" eu curto.
    pegaria esse som e escreveria outra letra. rs
    xDD

    ResponderExcluir
  11. Satanismo, isso quer dizer essa musica, magia negra, raul seixa era parceiro de paulo coelho, bruxo, ocultista, quem conhece os simbolos e sinais sabe do que eu estou falando.

    Raul Seixas era admirador de Aleister Crowley, bruxo, ocultista grau 33.

    leiam esse comentario:

    http://vezes7.wordpress.com/2011/03/09/a-historia-simplificada-de-satanas-que-toda-a-nacao-cantou/

    Jesus Cristo ama todos vocês, arrependa-se e siga no caminho estreito.

    Paz do senhor para todos.

    ResponderExcluir
  12. Você fez um ótimo raciocínio lógico, porém com um grave erro!!
    Pare e pense...Deus poderia ser criado? portanto não poderia ser Deus.
    Observe a ideia de caminhar no tempo com o gênero humano em desenvolvimento também não dá, veja bem, ele cita na letra fatos impar como o sofrimento de um determinado soldado...Veja, fatos singulares não são passados de geração para geração, porém vivídos por quem pode estar presente para acompanhar.
    A passagem de Drácula é uma abstração as praticas da igreja católica...pare e pense.
    Se falamos de desenvolvimento da humanidade cientificamente, então dizemos que a bíblia e suas histórias são apenas literatura e porque analisar justamente fatos DESTA literatura?
    Quanto mais óbvio, procuramos NÃO ENXERGAR o que está diante de nossos olhos.

    ResponderExcluir
  13. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  14. Deus n existe de modo racional, pois se ele existe e pensa ele deixa de ser Deus, se Deus é perfeito ele n pode pensar no imperfeito, se ele nos criou e nos somos imperfeitos então ele n existe, temos tbm , se deus existe em físico ele tem carne, '' depois do carnaval a carne é algo mortal com multa de avançar sinal '' carnaval eram as comemorações do corpo e n do espirito, portanto deus n pode existir em lugar nem em tempo, pois ele supostamente seria onisciente, onipresente.

    ResponderExcluir

Obrigado por comentar! Sua participação é muito importante!

É de fãs que participam de que o Rock Nacional Precisa!

Só não serão tolerados preconceitos e ofensas a quem quer que seja, pelo bem do Rock Nacional.

Linkwithin













#CAMPANHA @SigaRockBrasil

Desafiamos a todos o fãs de Rock Nacional a se unirem neste espaço democrático e provarem que independente do que a mídia tenta impor, nada substitui o bom e velho Rock Nacional. Siga o blog, divulgue, comente... É muito fácil, até crianças de 12 anos se únem por suas bandas favoritas e dominam a mídia! É, temos que conviver com o fato de que se trancar no quarto e ouvir seus hits não faz o Rock Nacional ganhar mais fãs e, em vez de promovê-lo, ajuda a acabar de matá-lo! Junte-se a nós.

Arquivo do blog