terça-feira, 6 de julho de 2010

CODINOME CAZUZA

Share on Tumblr

Filho de Lucinha Araújo com o produtor musical João Araújo, Agenor de Miranda Araújo Neto, mais conhecido como Cazuza nasceu no Rio de Janeiro em 04/04/1958, passou uma temporada estudando nos Estados Unidos. Na volta ao Brasil, matriculou-se num curso de teatro onde conheceu Léo Jaime que o levou ao grupo Barão Vermelho com quem gravou 3 discos ( o primeiro leva o nome da banda, BARÃO VERMELHO, o segundo é chamado de BARÃO VERMELHO 2, e, o terceiro, chamaram de MAIOR ABANDONADO). Em 1985 iniciou sua carreira solo emplacando logo de cara o hit “EXAGERADO”, que se tornou sua marca registrada.

Cazuza lançou seu segundo trabalho solo “SÓ SE FOR A DOIS”, em 1987. Em 15 de maio, iniciou uma turnê nacional mesmo depois de saber que era portador do vírus HIV, depois disso, passou dois meses em tratamento no hospital de Boston. Com a saúde já estabilizada, em 1988, gravou seu terceiro disco “IDEOLOGIA”, consagrando-se definitivamente. No mesmo ano faturou dois prêmios Sharp; o de melhor cantor e o de melhor música com 'PRECISO DIZER QUE TE AMO'.

Em 1989 Cazuza lançou o disco ao vivo “O TEMPO NÃO PÁRA” alcançando uma das maiores vendagens de sua carreira. No mesmo ano, foi lançado o álbum “BURGUESIA”, seu último registro musical. Cazuza nos deixou em 07/07/1990, o poeta mais exagerado da música brasileira viveu intensamente em todos os momentos, deixando sua marca nos corações de toda uma geração.

Após a morte de Cazuza sua mãe, Lucinha Araújo, criou a SOCIEDADE VIVA CAZUZA que atende crianças portadoras do vírus HIV.
Em 2004 foi a vez do filme “CAZUZA - O TEMPO NÃO PÁRA”, em 2005 o Barão Vermelho lembrou os 15 anos de saudades de Cazuza mostrando um dueto entre ele e Frejat realizado com a ajuda da tecnologia (com a música "CODINOME BEIJA- FLOR").

Cazuza continua vivo através de tributos e regravações, isso prova que o poeta não morreu. VIVA CAZUZA!

7 comentários:

  1. Muito bom! Que a obra de cazuza seja sempre lembrada!

    ResponderExcluir
  2. Muito bom seu texto Jú, que o rock sempre nos inspire a escrever e levar à este povo brasileiro a verdadeira finalidade da música que era e é o que os que já foram e os que estão aí tem feito falado o que queremos ouvir.
    Força Sempre
    e VIVA CAZUZA

    ResponderExcluir
  3. cazuza um cara extraordinário que merece sempre ser lembrado!a mae de cazuza teve uma ótima iniciativa em criar a sociedade viva cazuza.
    ele viverá sempre em nossos corações!

    ResponderExcluir
  4. No dia 07/07/1990 o Brasil perdeu um pouco de sua poesia! VIVA CAZUZA!!!

    ResponderExcluir
  5. Cazuza, que esse nome nunca seja apagado de nossas memórias... ficou otimo o texto Jú, parabéns !

    ResponderExcluir
  6. Cazuza é mais q um poeta, a voz de uma geração. Hj dia 07/07/2010, o dia q completa 20 anos da sua morte, morre o produtor musical Ezequiel Neves. O Tempo Não Pára!!!

    Viva Cazuza e Ezequiel Neves :)

    ResponderExcluir

Obrigado por comentar! Sua participação é muito importante!

É de fãs que participam de que o Rock Nacional Precisa!

Só não serão tolerados preconceitos e ofensas a quem quer que seja, pelo bem do Rock Nacional.

Linkwithin













#CAMPANHA @SigaRockBrasil

Desafiamos a todos o fãs de Rock Nacional a se unirem neste espaço democrático e provarem que independente do que a mídia tenta impor, nada substitui o bom e velho Rock Nacional. Siga o blog, divulgue, comente... É muito fácil, até crianças de 12 anos se únem por suas bandas favoritas e dominam a mídia! É, temos que conviver com o fato de que se trancar no quarto e ouvir seus hits não faz o Rock Nacional ganhar mais fãs e, em vez de promovê-lo, ajuda a acabar de matá-lo! Junte-se a nós.