segunda-feira, 18 de agosto de 2014

CULTURA: Renato Russo ganha a primeira tese de doutorado que o defende como escritor

Share on Tumblr



"Muitos criticaram, mas vou até o fim"
Ela não é uma “legionária”, termo carinhosamente utilizado para designar os fãs mais afoitos da Legião Urbana e, principalmente, de seu líder, Renato Russo. Porém, como se deve esperar da primeira autora de uma tese de doutorado que versa exclusivamente sobre a obra do compositor, a pesquisadora adora o cara. “Foram anos estudando e escrevendo sobre ele. Seria impossível, se eu não tivesse um grande apreço por Renato”, revelou a estudante da UNB Julliany Mucury, a doutoranda em questão.

Com a aprovação da tese, que será defendida até o fim do ano, Renato Manfredini Junior ganhará status acadêmico de escritor. O “poeta da música brasileira” passará a ser, de fato, literário. Ecos de uma Legião expõe todos os elementos poéticos contidos nas letras da banda brasiliense. Segundo Julliany, o conjunto da obra legitima Renato como colaborador da literatura nacional, e não somente da música, como previamente imaginado. 


“Os encartes da Legião são publicações, na verdade. Renato faz notas de rodapé por entre as letras. Ou seja, tendencia a leitura”, exemplifica Julliany. Ao embasar a tese, a estudiosa recorreu aos cânones acadêmicos que listam os requisitos necessários para a legitimação de um escritor. “Vou de Umberto Eco a Octavio Paz”, explicou. As evidências iniciais, no entanto, foram outras: “Um cara que provoca milhares de pessoas a pegar uma letra do tamanho de Faroeste caboclo e memorizá-la, não está dialogando somente com a música. Ele escreveu, para ser lido”.

Comentários
0 Comentários

0 COMENTE AGORA! Com seu Facebook ou Gmail:

Postar um comentário

Obrigado por comentar! Sua participação é muito importante!

É de fãs que participam de que o Rock Nacional Precisa!

Só não serão tolerados preconceitos e ofensas a quem quer que seja, pelo bem do Rock Nacional.

Linkwithin













#CAMPANHA @SigaRockBrasil

Desafiamos a todos o fãs de Rock Nacional a se unirem neste espaço democrático e provarem que independente do que a mídia tenta impor, nada substitui o bom e velho Rock Nacional. Siga o blog, divulgue, comente... É muito fácil, até crianças de 12 anos se únem por suas bandas favoritas e dominam a mídia! É, temos que conviver com o fato de que se trancar no quarto e ouvir seus hits não faz o Rock Nacional ganhar mais fãs e, em vez de promovê-lo, ajuda a acabar de matá-lo! Junte-se a nós.